Controle de registro de eventos relacionados à pacientes

No Hospital que trabalho, recebemos e/ou registramos “eventos” ou “incidentes” quando algo acontece fora do procedimento padrão e que possam comprometer o tratamento do paciente, seja diretamente ou indiretamente.  

O objetivo não é procurar culpados ou alfinetar algum setor ou profissional específico. Registrar as situações que ocorrem no dia-a-dia permite:  

– Reduzir o risco de ocorrer novamente. 

– Manter registro escrito da situação e da conduta tomada, caso lá na frente dê algum problema. 

– Auxiliar nos planos de melhorias e de ação. 

– Levantar estatísticas da frequência com que determinada situação acontece.  

Uma vez por mês, cada setor da Instituição que recebeu registros de eventos têm uma reunião agendada com o setor da Qualidade para traçar planos de melhorias e acompanhar os novos casos notificados e os ainda não concluídos. Nesta reunião, recebemos o gráfico do nosso setor, que indica a quantidade e tipo de eventos, bem como o planejamento.  

Para maior controle, organizamos as ocorrências numa pastinha, onde colocamos também as “provas” e “investigações” dos acontecimentos para, no dia da reunião, não esquecermos de nenhum detalhe e auxiliar nos projetos de melhorias e registros das condutas.  

E no local de trabalho de vocês, costumam chamar assim e realizar esse tipo de controle? Organizam de alguma forma diferente? 


➖⠀Carolina Andriolli ⠀

Nutricionista – CRN10 2130⠀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *