Restrição de alimentos crus para pacientes

Restrição de alimentos crus para pacientes.

Algumas dietas hospitalares possuem restrição de alimentos crus ou de consistência muito dura. São elas:

– Branda
– Transplantado imediato (com até 3 meses de transplante)
– Pastosa 
– Obstipante 

Motivos: 
1. Reduzir a carga microbiana da preparação: pacientes com imunidade muito baixa. Servimos somente alimentos que passaram por processo térmico. Dietas: Branda e Transplantado imediato.

2. Facilitar a mastigação e deglutição: pacientes com dificuldades de mastigação, mas que ainda conseguem consumir alimentos em pedaços. Servimos alimentos cozidos ou crus, porém de consistência macia. Dieta: Pastosa.

3. Facilitar a digestão: pacientes com problemas estomacais, que necessitam alimentos macios para não agredir a mucosa. Servimos alimentos cozidos ou crus, porém de consistência macia. Dietas: Obstipante, Branda e Pastosa.

Estes pacientes com imunidade muito baixa, só podem consumir alimentos que vão para a panela? Ou seja, tudo o que serve precisa ser cozido?
#NÃO, estes também podem consumir alimentos que já passaram por processos térmicos na industrialização. Exemplos: biscoitos, sucos de caixinha, queijos e derivados, etc.

No post de amanhã irei divulgar uma receita de fruta cozida que servimos no #desjejum para pacientes com estes tipos de dietas.
 
Compartilhe aí com a gente como funciona no Hospital que você trabalha.

➖
Carolina Andriolli ⠀
Nutricionista – CRN10 2130⠀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *